quarta-feira, 27 de maio de 2009

terça-feira, 26 de maio de 2009

Inscrições para o ProUni começam amanhã

Texto: Jordana Cury

O ProUni é um programa do Ministério da Educação, criado pelo Governo Federal em 2004, que oferece bolsas de estudos em instituições de educação superior privadas, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior.

São oferecidas dois tipos de bolsas:

  • Bolsa integral:
    para estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (R$ 697,50).
  • Bolsa parcial de 50%:
    para estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos (R$ 1.395,00).

Para participar, o estudante deve fazer a prova do Enem e cumprir os seguintes pré-requisitos:

  • ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou
  • ter cursado o ensino médio completo em escola privada com bolsa integral da instituição, ou
  • ter cursado todo o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição, ou
  • ser pessoa com deficiência, ou
  • ser professor da rede pública de ensino básico, em efetivo exercício do magistério, integrando o quadro permanente da instituição e concorrendo a vagas em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Neste caso, a renda familiar por pessoa não é considerada.


* Com informações do Site do ProUni

Artistas do Sinal Vermelho

Texto: Jadson Osório


É brincando com fogo no cruzamento da avenida Jóquei Clube com Homero Castelo Branco, zona leste de Teresina, que Antônio Luís, o “ L. Jhony”, ganha a vida. Ele faz demonstrações de pirofagia no sinal de trânsito e, em troca, leva pra casa os “trocados” de espectadores, que assistem seus números circenses enquanto esperam o sinal abrir. “Hoje precisei vir mais cedo, porque tava sem um real em casa”, diz Antônio, que tira do sinal vermelho o sustento de sua família.

O ex-artista de circo cospe fogo e se exibe em performances perigosas em troca dos 40 reais semanais que a rua lhe rende. L. Jhony, como prefere ser chamado, vai pro sinal há mais de três anos. “Hoje, a concorrência é muito grande”, reclama Jhony, que gasta dois litros de gasolina e mais de quatro horas em busca dos centavos que caem sobre o asfalto.

Ali perto, em outro cruzamento, o mecânico Júnior, apelidado de “Homem de Preto”, faz malabarismo a noite inteira em troca de vinte reais semanais. Contando as moedas das apresentações, ele diz: “o que ganho aqui não dá pra nada. Faço shows em aniversários e festinhas de criança para garantir o meu”. Júnior também é já trabalhou em circo e afirma gostar dos shows de rua. O jovem de 24 anos é casado e tem uma filha.

No mesmo cruzamento de Júnior se exibe seu irmão Jeferson, 21 anos. Com nariz e pintura de palhaço no rosto o jovem dá cambalhotas e tenta enfeitiçar quem vai e quem vem. No cruzamento da avenida Nossa Senhora de Fátima com Jóquei Clube há oito meses, ele não reclama da vida que leva. Perguntado sobre os motivos que lhe levaram a ter que fazer apresentações na rua, ele responde: “trabalhei em circo, gosto dessa adrenalina”.

Casos como estes se repetem aos montes por semáforos e encruzilhadas Brasil a fora. O sinal vermelho dá oportunidade a artistas anônimos de mostrarem seu talento. Estes artistas não são recompensados com aplausos calorosos, muitas vezes o “agradecimento” vem dos vidros fechados e da discriminação a que são expostos centavo a centavo.


Comente esta matéria!

Justiça: 10 novos juízes serão empossados para ocupar comarcas vazias no Piauí

Texto: Jordana Cury


Serão nomeados e empossados na próxima segunda-feira (01), 10 novos juízes substitutos, que foram aprovados no último concurso público, para compor a Justiça do Piauí. A nomeação ajudará a resolver o problema de comarcas vazias no estado.


A solenidade acontecerá na sala de sessões do Pleno do Tribunal de Justiça. A designação de comarcas será feita durante reunião com o juiz José Vidal de Freitas Filho, um dia após a solenidade. Segundo a assessoria do TJ, a prioridade são as comarcas vagas, em especial as do sul do Piauí. As cidades que causam maior preocupação são Parnaguá, Curimatá e Santa Filomena e Caracol.



Comente esta matéria!

"Raimunda Pinto, sim senhor" fecha hoje o Projeto Terças Cênicas do mês de Maio

Texto: Lígia Melo


O Projeto Terças Cênicas, parceria entre a Fundação Cultural do Piauí (Fundac) e produtores culturais do Estado, encerra nesta terça (26) o 1º ciclo de apresentações no Teatro 4 de Setembro. O espetáculo "Raimunda Pinto, Sim Senhor", encenado pelo Grupo Harém de Teatro, esteve em cartaz durante todo o mês de maio e faz hoje sua última apresentação, às 19 horas.

A história de Raimunda Pinto, uma cearense feia, pobre, subnutrida e com lábio leporino que consegue vencer na vida longe do sertão, já está há 25 anos em cartaz e é um dos maiores sucessos do teatro piauiense. O ingresso custa 5 reais e dois quilos de alimentos não perecíveis que serão doados para as vítimas das enchentes no Piauí.

O projeto será realizado até o fim do ano, a cada mês com um espetáculo diferente. Confira a programação:

• JUNHO - Todo Lado (Cia. Equilíbrio de Dança)

• JULHO - A Bela Entorpecida (Cia. de Teatro da Tribo)

• AGOSTO - Mediatriz (Núcleo de Criação do Dirceu)

• SETEMBRO - Amar se Aprende Amando (Cia. de Drama e Comédias)

• OUTUBRO - Fantasia Nordestina (Balé da Cidade)

• NOVEMBRO - O Casamento de Giselda (Cia. Pé de Moleque)


Comente esta matéria!

Escolas de Teresina se preparam para o ENEM

Texto: Jadson Osório


A partir deste ano o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) será o sistema de avaliação adotado para vestibulares em pelo menos 31 das 55 universidades federais do Brasil. Entre elas a UFPI, que ainda mantém o antigo regime de vestibular PSIU (Programa Seriado de Ingresso a Universidade) até 2011, mas já este ano dedica 50% de suas vagas ao ENEM.

O exame será realizado nos dias 3 e 4 de outubro e será composto de quatro grupos de testes de múltipla escolha distribuídas em linguagens, códigos e suas tecnologias (incluindo redação), ciências humanas e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias num total de 200 questões. A mudança surpreendeu estudantes e causou reviravolta nos métodos de ensino de algumas escolas de Teresina, que traçam estratégias para aprovar mais na nova prova.

Para Renato César de Carvalho, coordenador do ensino médio e pré-vestibular de uma renomada escola da capital, o novo modelo não assusta. “Vai levar o aluno a ler mais, não haverá mais espaço para aquele sistema arcaico de ensino, onde o professor apenas fala e o aluno apenas escuta”. Paulo Renato afirma ainda que a escola está preparada para as mudanças, pois sempre investiu em um ensino reflexivo e que não preparam seus alunos apenas para o vestibular da UFPI.

A pontuação dos candidatos nas quatro provas de múltipla escolha acontecerá em 4 de dezembro. A divulgação do resultado final, com a correção das redações, foi proposta para 8 de janeiro de 2010. E as dezenas de cursinhos pré-vestibulares de Teresina prometem aprovação máxima no novo método de avaliação.


Comente esta matéria!

Sindicato dos camelôs realiza assembleia geral na tarde de hoje (26)

Texto: Lígia Melo


O Sindicado dos Ambulantes de Teresina realiza hoje, às 18 horas, no Teatro de Arena, uma assembleia geral para discutir a transferência para o Shopping da Cidade, também conhecido como shopping dos camelôs. O sorteio dos boxes acontece no próximo dia 06 de junho e a transferência dos ambulantes está prevista para começar no dia 22 do mesmo mês. A inauguração do novo empreendimento será dia 29 de junho.

De acordo com o sindicato, cerca de 500 camelôs ficaram de fora do cadastro da Prefeitura de Teresina para o Shopping Cidadão. Eles querem agora levar uma proposta para a iniciativa privada para a criação de um espaço no centro da cidade onde eles possam trabalhar, visto que serão impedidos de montarem suas bancas assim que a transferência for iniciada.

O empresariado entraria com a construção e locação do espaço, enquanto que os ambulantes pagariam uma taxa de aluguel, que hoje corresponde ao que eles pagam pelo espaço onde guardam suas mercadorias e pelo transporte.



Comente esta matéria!

Humilhação: estudantes da UFPI enfrantam fila de 1 hora para conseguir comer

Texto, fotos, vídeo e áudio: Jordana Cury


Todos os dias a mesma coisa: os estudantes da Universidade Federal do Piauí, de Teresina, enfrentam metros de fila para conseguirem almoçar no Restaurante Universitário. A reportagem do Aprendizes.com constatou que o tempo médio de espera, correspondente ao horário de 11h20 a 12h30, é de aproximadamente 1 hora. Veja o Vídeo:



O RU abre diariamente às 11h para o almoço, entretanto, a fila começa a se formar na porta do estabelecimento às 10h20, antes mesmo do horário de término das aulas. Segundo o estudante Alberto Rinaldo, a pressa para chegar ao RU já prejudicou sua vida acadêmica. “Tem professor que não entende a situação e coloca falta. Mas, se eu não vier cedo, acabo ficando lá atrás, e como só depois de 1 da tarde, porque além da fila já estar grande, ainda tem gente que fura e atrasa ainda mais. Por causa disso, eu prefiro pegar falta ou perder o resto do assunto a ter que esperar mais tempo aqui”.


Alunos em frente ao RU do CCE


O fato relatado pelo estudante também foi comprovado pela reportagem. Alguns estudantes admitem “furar” fila para não ter que esperar por tanto tempo. Ouça!

áudio - RU


A estudante Eduarda Sousa considera o fato uma humilhação. “A gente tem que enfrentar tudo isso aqui para poder comer, é humilhante demais, se eu tivesse condições comeria em qualquer outro lugar”. A estudante Esther Saffnauer explicou que a situação é ainda pior quando se chega meio-dia e meia. "Se a gente chega aqui até meio dia, ainda dá para comer antes de 1 e meia, mas depois de meio dia e meia, é capaz de perder o começo da primeira aula".


O Aprendizes.com tentou entrar em contato com os responsáveis pelo RU, mas a entrada na sala da administração foi impedida. Segundo a assessoria de imprensa da UFPI, existem atualmente três restaurantes dentro da instituição, mas o Central está em reformas, e isso ocasiona superlotamento nos RU’s do CCA (Centro de Ciências Agrárias) e do CCE (Centro de Ciências da Educação). Entretanto, informou que o término das obras do RU Central está previsto para junho deste ano.


O tempo de espera para o almoço é de aproximadamente 1h

Comente essa matéria!

Assembléia decide a favor da licitação dos transportes alternativos

Texto: Jordana Cury


Apesar da manifestação dos proprietários de transportes alternativos intermunicipais, a votação realizada nesta manhã, na Assembléia Legislativa, aprovou o processo de licitação para o funcionamento das vans.


Revoltados, os donos dos veículos prometem entrar na Justiça para mudar a decisão. “É notório que está acontecendo algo ilegal. Eles só vão licitar os ônibus daqui a 50 anos, mas para as vans a lei é diferente e para a gente continuar circulando eles exigem uma licitação”, explicou Trajano Paulo, presidente do Sintrapi (Sindicato dos Proprietários Autônomos dos Transportes Alternativos do Piauí).


Segundo o deputado estadual João de Deus (PT), a licitação é o que está previsto na lei, cuja participação é obrigatória para todas as empresas. “Não há nada ilegal, o projeto foi devidamente votado por duas vezes, tudo dentro da lei”, explicou.


Já o deputado estadual Marden Menezes (PSDB) acredita que a decisão é institucional. “É um processo institucional e injusto, que massacra a categoria em favor dos grandes empresários. Eles estão abrindo mão do processo licitatório para as empresas que estão a anos explorando o sistema”.



Comente esta matéria!

Emater recebe 15 toneladas de feijão para repassar aos desabrigados

Texto: Lígia Melo

O Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí (Emater) recebeu, na tarde desta segunda-feira (25), 15 toneladas de feijão que serão repassados às famílias desabrigadas no Estado em decorrência das chuvas. Os grãos foram doados pela Fazenda Sementes Cajueiro e a Emater repassou a doação à Defesa Civil, órgão responsável pela distribuição dos alimentos.

Essa doação deverá atender principalmente as famílias norte do Estado, onde a situação é mais crítica. Muitas delas ainda continuam em abrigos devido à falta de condições de retornarem à suas casas. Atualmente, existem 18 mil famílias desabrigadas do Piauí e doações de alimentos continuam sendo necessárias para atendê-las.


Doações ao Nordeste ainda são inferiores as feitas à Santa Catarina

Segundo informações divulgadas na revista Istoé desta semana, as doações feitas ao desabrigados no Nordeste têm sido feitas em menor escala do que as que foram feitas para Santa Catarina em novembro do ano passado. Se a Desefa Civil catarinense chegou a ponto de pedir que as doações fossem suspensas por falta de estoque, cestas básicas e água potável são disputadas no Nordeste. A efeito de comparação, a reportagem mostra que, somente de São Paulo, foram enviadas 850 toneladas de donativos, enquanto que para o Nordeste, foram arrecadadas apenas 70 toneladas.


Comente esta matéria!

Exoneração: Wendell Reis está fora da Polícia Civil do Piauí

Texto e foto: Jordana Cury


Nessa segunda-feira (25), foi assinada pelo governador Wellington Dias e pelo Secretário de Segurança Pública, Robert Rios, a exoneração do delegado da Polícia Civil, Wendell Reis. Com o documento, o ex-delegado está definitivamente excluído da categoria.


Em entrevista à imprensa no início da noite dessa terça-feira, o ex-delegado afirmou que é inocente e pediu que seu caso seja tratado com imparcialidade. “Peço que não me julguem precipitadamente. Houve equívocos e injustiça. As pessoas esquecem que eu tenho família, filhos, que tenho mãe. Só peço que se respeite a ampla defesa, o contraditório. Acho que não se deve fazer nenhum pré-julgamento das pessoas".


Wendell Reis foi acusado e condenado, já por duas vezes, pelo assassinato do comerciante Ricardo Seabra, ocorrido no ano de 2003. Entretanto, apesar da Justiça ter considerado homicídio doloso, o ex-delegado espera em liberdade o resultado da apelação da defesa.



Wendell Reis, no momento do julgamento pela morte de Ricardo Seabra


Além disso, é acusado também do crime de extorsão ao lavrador Carlos Augusto, caso flagrado através de uma câmera instalada no bolso da vítima, pela própria Polícia Civil. O ex-delegado havia exigido o valor de R$ 5 mil para liberar o lavrador e devolver o veículo utilizado pelo mesmo.


Mesmo com o flagrante, Wendell foi posto em liberdade, após pagamento de fiança. A Justiça então decretou sua prisão preventiva dias depois, mas atualmente o ex-delegado responde processo em liberdade.



Comente esta matéria!

Governo Federal investe 8 milhões na Saúde do Piauí

Texto: Jadson Osório

Com o intuito de reduzir a mortalidade infantil no Piauí, foi anunciada nessa segunda-feira (25) a liberação de 8 milhões de reais para investimentos na Saúde. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e pelo governador do estado,Wellington Dias, em solenidade no Palácio de Karnak.

A meta é reduzir a mortalidade infantil em 5% ao ano, para tanto, foram estipuladas normas de procedimento que melhorem a qualidade dos pré-natais feitos em hospitais do estado, diminuição de partos cesarianos e intenso acompanhamento médico para recém-nascidos com até um mês de vida.

Temporão aproveitou a presença de alguns prefeitos na solenidade, para cobrar deles mais rigor na investigação dos óbitos maternos e infantis em hospitais de suas cidades. Na ocasião, também foram acordadas melhorias no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e aumento no número das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) do estado.

O ministro destacou ainda, que outros projetos estão sendo avaliados, como a implantação da rede de farmácias populares no Piauí e do Hospital Geral de Teresina, bem como a instalação da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), que estará voltada para capacitação e treinamento de especialistas na área de saúde.


Comente esta matéria!

Manifestação: motoristas de transportes alternativos fazem churrasco em frente à Alepi

Texto e foto: Jordana Cury

Durante toda esta segunda-feira (25), proprietários de transportes alternativos intermunicipais pararam suas atividades para realizar um churrasco em frente à Assembléia Legislativa. O ato é uma manifestação contra um projeto, de autoria do governador Wellington Dias (PT), que prevê a instalação de uma licitação para o funcionamento das vans.

A votação do projeto será realizada nesta terça-feira (26), e até lá, 44 vans permanecerão paradas em frente à Alepi, o que corresponde a cerca de 90% dos transportes alternativos sem funcionamento. Segundo o presidente do Sintrapi (Sindicato dos Proprietários Autônomos dos Transportes Alternativos do Piauí), Trajano Paulo, a categoria reivindica que sejam dados aos alternativos os mesmos benefícios que foram dados aos ônibus convencionais. “O protesto é para que a gente continue trabalhando normalmente, sem a licitação, assim como os ônibus”. Veja vídeo da manifestação.



Trajano ainda explicou que com o projeto, o governador do Piauí está autorizando que os ônibus circulem por mais 50 anos sem licitação, entretanto, os motoristas de vans se contentam com os 10 anos propostos, contanto que não haja o processo licitatório. “Ele propôs 50 anos para os ônibus, sem licitação, mas para as vans são apenas 10 anos e com licitação. Nós queremos apenas que seja sem a licitação, só os 10 anos está bom para nós”.

Ainda de acordo com o presidente do sindicato, se a decisão da votação de hoje não atender à reivindicação, a categoria entrará com ação judicial para reverter a decisão.

Trajano Paulo, presidente do Sintrapi: "O protesto é para que a gente continue trabalhando normalmente"



Comente esta matéria!

Para ler as notícias dessa segunda-feira...

Acesse o Jornalight, jornalismo sem contra indicações!

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Para conferir notícias desta terça-feira:

Acessem Jornalismo Online, jornalismo sério e de boa qualidade!

Não deixe de comentar!

Caro internauta, a sua opinião é muito importante para a equipe do Aprendizes.com. Por isso, não deixe de comentar as nossas postagens.

Você também pode sugerir pautas e apontar erros. O nosso e-mail é alunosdeweb@gmail.com

Esperamos a sua participação! Comunique-se!

50% da frota deve circular normalmente em Teresina, decide TRT

Texto e fotos: Jordana Cury

No início da tarde de hoje (18), o Tribunal Regional do Trabalho decidiu que 50% da frota de ônibus coletivos deveria permanecer circulando normalmente na capital durante o período de greve dos motoristas e cobradores. Para cada dia de descumprimento da decisão, o Setrans pagará multa de R$ 5 mil.

A ação foi movida pela Setut, que pediu o funcionamento de 80% da frota, visto que os grevistas desrespeitaram a Lei de Greve. No entanto, o desembargador Francisco Meton Marques decidiu pela obrigatoriedade de funcionamento de apenas 50%.

Ainda esta tarde, o Setut entrou com outra ação exigindo a suspensão imediata da greve e a implementação de um reajuste salarial provisório, na ordem de 5,86%. A ação será julgada amanhã (19).

Universidades vazias

A UFPI (Universidade Federal do Piauí) por pouco não parou. Boa parte dos estudantes que utilizam o transporte coletivo não conseguiu chegar a tempo de assistir às aulas. Corredores e salas vazios, pouquíssimos alunos.

Seu Kim, proprietário de um ponto de Xerox no CCE (Centro de Ciências da Educação), disse que o movimento esteve fraco durante todo dia. “De manhã, os poucos alunos que vieram foram liberados, quase não tem gente vindo tirar Xerox”.


Fotos tiradas entre 18h30 e 20h

Martins Paulo: "Ele tá na moda!"

Por Jadson Osório

Fotos:site aspatricias
Martins Paulo é estilista, é autodidata e é piauiense. O jovem de 22 anos cresceu criando moda e agora... ‘virou moda’. Seu nome é um dos que mais se destaca entre as principais promessas no setor. Estreou nacionalmente no Fashion Rio deste ano, com direito a menção honrosa na Coluna ‘Chic’, da renomada consultora de moda Glória Kalil. No evento carioca, o estilista apresentou um trabalho inspirado em diversos aspectos da obra de Cecília Meireles.Em junho, Martins Paulo volta ao Fashion Rio desfilando sua nova coleção, “Mujeres en rojo sangre”, com inspiração nas intensas e complexas mulheres retratadas pelo cineasta espanhol Pedro Almodóvar. Em entrevista ao Aprendizes.com, o prodígio da moda piauiense fala sobre carreira, inspiração, novos projetos e até sobre a criação de uma marca que leva seu nome.

Aprendizes.com - Quando e como surgiu o interesse por moda?

Martins - Há seis anos fiz um curso no SENAI de estilo e designer em moda, nessa época eu não me ligava em trabalhar com isso, meu negocio era arte. Fui ao SENAI procurar curso de desenho e acabei estudando moda, meio que por acaso. No fim das contas vi arte naquilo e vi que poderia expressar minhas ideias nas roupas.

Aprendizes.com - Quais suas maiores fontes de inspiração? Em quem ou em que se inspira na hora de criar?

Martins - Tudo serve de caminho para uma coleção, me inspiro no meu universo pessoal, nas coisas que eu curto no que eu gosto, no que eu leio e no que estou sentindo. Gosto de por apelo cultural nas minhas criações, já fiz trabalho inspirado na Frida Kahlo, no Torquato Neto e na Cecília Meireles e a próxima que vou apresentar no Fashion Rio, inspirada no Pedro Almodóvar, são referencias que fazem parte do meu universo.

Aprendizes.com - Ouve alguma coisa quando pensa criar?

Martins - Ouço música sempre, 80% do dia. Ouço de tudo, dependendo do que quero criar, porque sempre crio no sentido inverso.Bolo primeiro o desfile ou a campanha por exemplo, pra depois criar as roupas dentro do conceito e nesse processo a musica é fundamental.

Aprendizes.com - Quais sua referencias no universo da moda?

Martins - Tenho várias. Ronaldo Fraga, Frida Kahlo, Alexandre Herchcovitch, Marcelo Sommer, Fernada Takai.

Aprendizes.com - Acha que sua formação acadêmica ajuda no processo criativo?

Martins -Sou estudante de Artes e isso ajuda bastante, a moda bebe muito da fonte das artes, é uma coisa intrínseca, daí que sempre me aposso de arte pra tudo.

Aprendizes.com - Você já participou de eventos importantes, como no Fashion Rio deste ano. Como foi a experiência?

Martins - Já participei por duas vezes do Dragão fashion como novo talento, depois no Fashion Rio dentro do RMH (Rio Moda Rype - evento dentro do Fashion Rio), ambos são concursos que recebem inscrições do Brasil todo. Sempre dá uma sensação de realização quando se é escolhido dentro de uma grupo de 300 pessoas, por exemplo, é como se dissessem que você esta fazendo a coisa certa.

Aprendizes.com - Quem é Martins Paulo e aonde ele quer chegar?

Martins - Martins Paulo é uma marca em formação, que possui uma identidade em desenvolvimento, mas com características definidas. Como marca, existem vários projetos, não só envolvendo roupa, mas outras areas de processo criativo. O Martins (só Martins) é um visionário eu acho. (risos)

Aprendizes.com - O que considera sua principal criação? Por quê?

Martins - Hum... Acho que não existe uma principal criação. Talvez uma principal característica, que é o uso de cores intensas e padronagens marcantes. Pelo menos até agora, esse tem sido meu desejo constante na hora de criar, talvez isso mude com o amadurecimento da marca e dos meus desejos.

Aprendizes.com - Piauí fashion Week, o que espera? Vai estar lá?

Martins - Não vou participar com a marca Martins Paulo. Estou envolvido como próximo Fashion Rio, que vai rolar dia 5 (junho), e meu desfile será logo no primeiro dia, com a coleção inspirada no Pedro Almodóvar, daí estou envolvido nisso... Mas vou produzir dois desfiles dentro do Piauí Fashion Week pra outras marcas. Honestamente, não sei muito ainda sobre o evento, não tenho informações precisas, mas a expectativa da organização é fazer algo bem grandioso. O estado precisa e acho que este evento é o ponta pé inicial, pra dar um gás nessa "cultura de moda" que está aparecendo por aqui.

O estilista tem um blog onde expõe algumas peças de suas coleções. Confira!

Medo da nova gripe: Teresinenses evitam ir ao México e aos EUA

Texto: Lígia Melo

Segundo estudo do instituto Oxford Economics, sob encomenda do Conselho Mundial de Turismo (WTTC, na sigla em inglês), a Nova Gripe deve provocar perdas de US$ 2,2 bilhões entre este ano e 2010. Os dados foram divulgados nesta sexta (15) durante a 9ª Conferência Global Sobre Viagens e Turismo, em Florianópolis (SC). O México, atualmente segundo no ranking de contaminações, segue como o país mais afetado. Destinos antes concorridos, como Cancun, agora amargam uma queda no número de turistas.

Em Teresina, a procura por viagens ao México também caiu. Houve até mesmo casos de turistas que cancelaram viagens para os Estados Unidos por estarem receosos em relação à nova gripe. Mesmo assim, o medo da contaminação ainda não atingiu a todos.

Carmem Frazão, agente de viagens de uma agência do centro de Teresina, disse que a gripe suína não alterou as idas à Europa. “Até agora não houve preocupação com essa situação”, declara, destacando que a procura maior é por viagens à Europa, onde a contaminação ainda é bem menor do que na América. Para ela, o único fator que tem influenciado no número de viagens é a crise financeira.

Teresina ainda apresenta um caso suspeito

Em Teresina, uma aeromoça que teria passado por vários locais de risco, está internada no Hospital Natan Portela (antigo HDIC), com suspeita de ter contraído o vírus Influenza A (H1N1). Já foram feitos os exames necessários para detectar a doença, mas o resultado sairá apenas na próxima terça-feira (19), uma vez que foi enviado para São Paulo.

O Piauí já apresentou um caso em monitoramento e um caso suspeito que já foram descartados. Entretanto, nesse terceiro caso, que ainda aguarda confirmação, a paciente apresenta todos os sintomas relativos à doença.

Número de casos confirmados já passa dos 8 mil

De acordo com o mais recente relatório da OMS, divulgado nesta segunda (18), o número de casos da Nova Gripe aumentou para 8.829, 349 a mais que o registrado no domingo. A epidemia afeta agora 40 países e já provocou 74 mortes.

No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados neste domingo (17), são 22 casos suspeitos, com 8 confirmados (três no Rio de Janeiro, dois em São Paulo, um em Santa Catarina, um em Minas Gerais e um no Rio Grande do Sul).

Setut informa: oito ônibus são apedrejados e quatro motoristas ficam feridos

Texto: Jordana Cury

Segundo nota publicada pela assessoria de comunicação do Setut, até o momento oito ônibus já foram apedrejados em Teresina, em virtude da greve dos motoristas e cobradores. A nota informou que quatro motoristas ficaram feridos com os ataques e que em um dos casos de agressão, ocorrido no bairro São Cristóvão, zona leste da capital, populares atiraram foquete contra o motorista.

As paradas de ônibus voltaram a superlotar, devido ao horário de pique. A situação preocupa os estudades das universidades e faculdades, que ainda dependem do transporte coletivo para chegar às aulas. "Acho que hoje ninguém da minha sala vai para a aula. Se passar ônibus não vai caber todo mundo mesmo, então é melhor nem tentar", argumentou Pablo Silva, estudante da UFPI.

Apesar do aviso de que haveria paralisação na avenida Frei Serafim, até o momento os motoristas ainda não se posicionaram na via e o fluxo de carros está tranquilo.

Denúncia: PSF não atende a todos os desabrigados

Texto e fotos: Jordana Cury

Na semana passada, a secretária da Semtcas (Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e Assistência Social), Graça Amorim, em entrevista exclusiva ao Aprendizes.com, afirmou que todos os abrigos que estão acolhendo as vítimas das enchentes recebem diariamente acompanhamento médico, através do Programa Saúde da Família. Entretanto, em visita realizada ontem (17), à União Artística Operária Teresinense, que está abrigando oito famílias da região da “Prainha”, zona sul da capital, a equipe de reportagem constatou que os desabrigados não estão usufruindo do benefício.

Secretária Graça Amorim: "O acompanhamento médico é diário"

Segundo os moradores, até o momento a prefeitura enviou apenas uma cesta básica para cada família, quantidade insuficiente para atender as necessidades das vítimas. “Estamos aqui há mais de 20 dias e até agora não veio nenhum colchão, nenhuma roupa, nada. Eles disseram que viria médico, mas não veio nenhum. Nem material de limpeza a gente ganhou”, disse seu Antônio.

A pequena Carla, de apenas 2 anos, já está sofrendo as conseqüências do período chuvoso. “Minha filha passa a noite tossindo, acho que ela deve ter ficado gripada porque está chovendo muito, ano passado ela quase morreu de uma gripe, esse ano já comecei a dar mel para ela e amanhã vou lá no Posto de Saúde do São Pedro”, explicou a mãe, Raimunda Gomes.

Dona Raimunda Gomes e a filha Luíza

De acordo com a enfermeira Maria do Socorro, responsável pelas equipes do PSF no bairro São Pedro, a informação será investigada, uma vez que as visitas constam nos relatórios. “A gente tem aqui que essas visitas foram feitas pelos agentes de saúde, se não foi nenhum médico ao local é porque não foi encontrada nenhuma irregularidade pelos agentes”, garantiu.

A enfermeira disse ainda que a entrega de materiais para limpeza fica a cargo da prefeitura e que o PSF é responsável apenas pela saúde dos desabrigados. “Nós ficamos responsáveis pelo acompanhamento dessas pessoas, para evitar que haja problemas relacionados à saúde, possivelmente ocasionados pelo período chuvoso”.

Falta de estrutura

Esta é a segunda vez que o Aprendizes.com visita a União Artística e, desde a primeira visita, realizada no dia 10 de maio, os moradores reclamam da falta de apoio da prefeitura. “Aqui a situação é essa: dois banheiros para todo mundo, e, se alguém quiser tomar banho, tem que arrastar a mangueira porque não tem chuveiro”, explicou seu Antônio.

Moradores pedem que população leve ajuda diretamente ao abrigo

Inconformados com a situação, os moradores pensam numa alternativa. “A gente acha que se alguém quiser doar, tem que vir deixar aqui mesmo, porque se entregar lá na prefeitura eles não vão chegar aqui. A gente está usando as coisas doadas no ano passado, mas estamos precisando de colchão, roupa e produto de limpeza”, explicou dona Raimunda Gomes.


Confira matérias relacionadas:
PSF orienta a saúde dos alagados
Teresina vive dois 'Dia das Mães' diferentes

População revoltada: Motorista é apedrejado ao parar ônibus

Texto: Jadson Osório

Segundo informações divulgadas hoje (18), uma pedra foi atirada contra o motorista Ananias Cardoso, da empresa Cidade Verde, enquanto ele deixava passageiros em uma parada do bairro Promorar, zona sul de Teresina. "Os passageiros estavam descendo quando a pedra acertou o vidro”, diz o motorista, que teve um corte superficial na testa.

O condutor afirma ainda não ter visto quem jogou a pedra, se algum sindicalista ou um popular. A equipe de reportagem entrou em contato o Distrito Policial responsável pela área, mas nenhuma queixa foi registrada pelo motorista.

A situação do transporte público na capital nunca esteve tão caótica. Até 9h30 da manhã, cinco empresas não haviam disponibilizado nenhum veículo aos usuários: Piauiense, Asa Branca, Transcol,Emvipi e Taguatur. Resultado: Paradas superlotadas e descontentamento geral dos usuários de ônibus.

Passageiros desistem de esperar ônibus após chuva

Texto e foto: Jordana Cury

A população de Teresina se deparou com mais um problema relacionado à greve dos motoristas e cobradores. Com a chuva rápida da manhã de hoje (18), passageiros desistiram de esperar por sua condução e voltaram para casa. O motivo: grande parte das paradas de ônibus da capital não possuem proteção contra sol ou chuva.

Para a vendedora Rosa Maria, 29, que estava esperando ônibus na Miguel Rosa, o dia de trabalho está perdido. "Sai de casa às 8h20 para tentar chegar às 9h30 na loja, que é lá no shopping, mas até agora, nada de ônibus. Já é quase meio-dia, vou voltar para casa e tentar explicar para o patrão. Nem tem mais como eu ir porque estou toda molhada da chuva".

Após a chuva rápida, as paradas ficaram menos lotadas

A equipe de reportagem do Aprendizes.com verificou que após as chuvas, o número de pessoas nas paradas diminuiu significativamente, mas nem assim as paradas ficaram vazias. Segundo informações do Sintetro, poderá haver paralisação de ônibus na avenida Frei Serafim a partir das 12h30.

Programa Globo Universidade destaca pesquisas da UFPI

Texto: Jadson Osório

A Universidade Federal do Piauí (UFPI), de Teresina, foi destaque no Programa Globo Universidade exibido neste sábado, 16 de maio. A reportagem mostrou a importância de pesquisas realizadas do Centro de Ciências Agrárias, que utiliza remédios feitos à base de plantas no tratamento de cabras e galinhas.

O Globo Universidade, também visitou o Parque Nacional Serra da Capivara, maior repositório arqueológico do mundo. O programa será reprisado quarta-feira (20), no Canal Futura, às 16h30. Vale a pena conferir!

Veja mais informações no site do programa

Ânimos alterados: Sintetro realiza manifestação e impede saída de ônibus

Texto e foto: Jordana Cury

Na manhã de hoje (18), representantes do Sintetro organizaram uma manifestação em frente a duas empresas de ônibus, a Transcol e a Cidade Verde. Segundo a assessoria de imprensa do Setut, até as 8h nenhum ônibus das empresas Transcol, Emvipi, Taguatur, Piauiense e Asa conseguiu sair do local.

Ao que parece, a greve está ocorrendo em meio à disputas internas pela presidencia do Sintetro, o que estaria alterando os rumos da greve, mas o tesoureiro José Esmerino não confirmou a informação. "Há a formação de duas chapas sim, mas isso não está interferindo em nada. O que houve aqui foi algo legal, uma manifestação, direito de todo trabalhador".

Segundo a Lei de Greve, um terço da frota deve permanecer funcionando normalmente. O que torna o impedimento da saída dos veículos um ato ilegal.

Estudantes revoltados

O clima nas paradas de ônibus é muito tenso. Passageiros esperam os ônibus por mais de 1h20, sem perspectiva de chegada. Para a estudante Valéria Andrade, 18, o que está acontecendo é um desrespeito com a população. "A gente fica aqui esperando feito besta, enquanto eles brigam por dinheiro. Ninguém faz nada, cadê as vans? Aqui não passou nenhuma". Ouça:

áudio - áudio valéria


Já o universitário Eduardo Dias, 22, entende o motivo da greve, mas ressalta a importância de um planejamento da prefeitura. "A prefeitura sabe que todos os anos tem isso, então o que deveria ser feito é um planejamento, o cadastro deveria começar mais cedo e o 'sistema do cartão' deveria ser implantado em todos os transportes alternativos, pra gente não ter que pagar em dinheiro". Ouça:

áudio - áudio eduardo


Paradas lotadas ilustram o centro de Teresina na manhã de hoje

Começa a greve: A partir de hoje ônibus circulam com frota reduzida

Texto: Jordana Cury

A partir desta segunda-feira (18), motoristas e cobradores de ônibus de Teresina deflagram greve por tempo indeterminado. Com isso, passa a circular na capital apenas 30% da frota de transporte urbano, o que equivale a 132 dos 440 veículos. As reivindicações da categoria são de reajuste de 9,38% no salário, no ticket alimentação e no plano de saúde.

Na última terça-feira (12), o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus (Sintetro) e o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Setut) se reuniram com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego e com o Tribunal Regional do Trabalho para tentarem acordo. No entanto, a proposta do Sintetro foi negada e a contraproposta oferecida foi de apenas 2,5% de reajuste.

Descartada a contraproposta, nesta sexta-feira (15), o Setut ofereceu 7% de reajuste salarial, mas negou aumento no ticket alimentação e no plano de saúde. Mais uma vez, os motoristas e cobradores recusaram acordo e foi marcada outra reunião para o sábado (16), onde o TRT aumentou a proposta para reajuste de 8,05% no salário e no plano de saúde. Entretanto, o Sintetro ainda não está satisfeito, pois o valor do ticket alimentação permaneceria o mesmo.


Aumento de 9,38% vai refletir no preço das passagens

Segundo o presidente do Setut, Herbert Miura, o reajuste proposto pelo Sintetro é abusivo, uma vez que para ser concretizado, seria necessário aumentar o preço das passagens de ônibus. “Nós não queremos mexer nas tarifas das passagens, por isso a proposta dos motoristas e cobradores é abusiva, não temos condições de dar tanto. Então, se for para aumentar esses 9,38%, quem vai ser prejudicada é a população, porque isso vai refletir no preço das passagens”, explicou.

Herbert Miura informou ainda que o Setut está colocando policiais e seguranças nas garagens dos ônibus, para garantir que 30% da frota circule na capital. “O acordo foi que mesmo havendo greve, 30% da frota esteja funcionando, então, para evitar maiores problemas, colocamos policiais e seguranças em algumas garagens”.

Strans cadastra transportes alternativos

Desde a semana passada, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) está cadastrando transportes alternativos, para aliviar os transtornos causados pela greve. Até a tarde de ontem (17) haviam sido cadastrados 150 veículos, entre ônibus, Kombis e Vans.

Entretanto, o órgão não teve tempo de instalar o Sistema de Bilhetagem Eletrônica nos veículos e por isso as passagens deverão ser pagas em dinheiro ou em vale-transporte. Nem mesmo os estudantes estarão livres, a meia-passagem, no valor de R$ 0,85, só poderá ser paga em espécie. Estima-se que com o cadastramento, cerca de 300 ônibus circulem em Teresina, o que levaria o tempo de espera nas paradas a aproximadamente 40 minutos.

A equipe do Aprendizes.com tentou entrar em contato com os representantes do Sintetro, mas até o momento não obteve êxito. Durante toda a segunda-feira, a reportagem estará monitorando o primeiro dia de greve. Aguarde maiores informações em instantes.

Para ler as notícias deste domingo...

Acesse o Jornalight, jornalismo sem contra indicações!

domingo, 10 de maio de 2009

Mais uma vez... Stefhany

Texto: Jadson Osório
Fotos :site da cantora

Agora foi a vez do jornalista Zeca Camargo falar sobre o sucesso cantora piauiense. Em seu blog, o jornalista faz um paralelo entre Stefhany e Oasis, e diz que os vídeos da garota são a coisa mais divertida que já apareceu no pop brasileiro. Além disso, Zeca confessa gostar das músicas da garota. Confira a matéria na íntegra

A Garota do Crossfox

Stefhany atingiu grande visibilidade, depois que seus vídeos entraram na rede. Os mais de 500 mil acessos no youtube renderam a jovem do interior do Piauí apresentações em programas de rede nacional, como o Domingo Legal do SBT. Depois disso, cantoras nacionalmente conhecidas como Preta Gil e Cláudia Leite incluíram a música de maior sucesso da cantora, “Eu sou Stefhany” (versão de 'A Thousand Miles’, da americana Vanessa Carlton), em seus repertórios.

Desabrigados: Resistência das famílias é o principal problema da prefeitura

Texto: Lígia Melo
Foto: Jordana Cury

Todos os anos a Prefeitura Municipal se depara com um grande problema no período das cheias. Segundo a secretária da Semtcas (Secretaria Municipal de Trabalho, Cidadania e Assistência Social), Graça Amorim, ainda há muita resistência das famílias em abandonar suas casas, mesmo com as inundações.

Este ano, segundo informações da Defesa Civil, mais de 25 mil pessoas estão desabrigadas em todo o estado. Somente em Teresina, 65 vilas e bairros estão alagados. Dados atualizados na tarde de ontem (9) registram na capital piauiense 41 abrigos para alojar 475 famílias, que foram obrigadas a sair de suas casas. A prioridade de ajuda é para moradores de casas de taipa em áreas consideradas de risco.

No entanto, de acordo com Graça Amorim, boa parte das famílias não aceita a ajuda da prefeitura. “Muitas dessas pessoas não querem sair de suas casas, às vezes porque trabalham em locais próximos ou porque dependem do rio, mas elas têm que entender que é necessário. Elas têm que aceitar a ajuda da prefeitura”. Ouça:

alunos de web - áudio graça amorim


Ao serem retiradas de suas casas, as famílias passam a morar em abrigo ou em casa de amigos ou parentes. Para estimular essa última opção, a prefeitura montou o Programa Família Acolhedora, no qual a família abrigada recebe uma cesta básica e a família acolhedora recebe uma bolsa de R$ 150. Os benefícios são fornecidos durante o período máximo de três meses.

Já as famílias que ficam nos abrigos recebem cestas básicas, kit limpeza, colchões e acompanhamento de médicos e assistentes sociais, garante Graça Amorim. “A maioria dos desabrigados possuíam casas de taipa, que foram parcial ou totalmente destruídas pelos alagamentos. Em virtude disso, a prefeitura criou um projeto para a construção de 10 mil casas, que serão construídas em áreas que não correm o mínimo risco de serem alagadas”, conclui.

Cestas básicas para as famílias que fazem parte do programa Família Acolhedora

AJUDE!

Para quem deseja ajudar as vítimas das enchentes, foram criados postos para recebimento de doações. Qualquer ajuda é válida, mas a preferência é por alimentos não perecíveis, roupas e material de limpeza. As doações podem ser feitas nos seguintes locais (clique no endereço para visualizar o mapa da região):

Teresina Shopping - Rua Raul Lopes, 1000 - Noivos;

Canadá Veículos - Av. João XXIII, 1720 A - Noivos;

Empório Veículos - Av. João XXIII, 3575 - São Cristóvão;

Buriti Propaganda - Rua Angélica, 927, ao lado do Favorito Comidas Típicas;

W7 Solutions - Av. Nossa Senhora de Fátima, 1557, Ed Monsenhor Chaves, Sala 107;

Espaço Cultural Raízes - Rua Dirce Oliveira, Ininga, ao lado do muro da UFPI;

Igreja de Fátima - Av. nossa Senhora de Fátima;

Paróquia de São Cristóvão - Rua Orlando Carvalho - St Isabel;

Arquidiocese de Teresina - Praça Saraiva;

Instituto Dom Barreto - Rua Benjamin Constant, 1621 - Centro;

Jelta Veículos - Av. Frei Serafim, 2401 - Centro;

Dafra Motos - Av. Miguel Rosa, 7267, ao lado do prédio da Justiça Federal;

Jus Navigandi - Rua Santa Luzia, 2480, por trás do Banco do Brasil da Piçarra;

TV Cidade Verde - Rua Valença, 3737 - Tabuleta;

Engecopi - Rua Magalhães Filho, 2001 / Av. José dos Santos e Silva, 1500 / Av. Dom Severino, 1823

Para quem não mora em Teresina ou prefere contribuir com dinheiro, a Prefeitura de Teresina e a Ordem dos Advogados do Brasil disponibilizam duas contas bancárias. A Prefeitura de Barras, cidade onde as chuvas desabrigaram 10 mil pessoas, também possuiu uma conta para arrecadar fundos:

PMT - Enchentes 2009
Conta: 7720-8 / Agência: 3791-5
Banco do Brasil

OAB Solidário
Conta: 7722-4 / Agência: 3791-5
Banco do Brasil

S.O.S. Barras
Conta: 2009-5 / Agência 2844-4
Banco do Brasil

Balada Solidária

Para colaborar com a campanha, diversas casas de shows de Teresina organizaram a "Balada Solidária", evento que acontecerá de 09 a 16 de maio. Espaços como o Raízes, o Bar Boemia e o Agaves arrecadarão roupas e alimentos, enquanto outros optaram por doar parte da renda da bilheteria, couvert artístico ou lucros em vendas na noite. As atrações artísticas do evento abriram mão da cobrança do cachê.

Para conferir a programação da "Balada Solidária", acesse o site do evento.

Campanha chega à Blogosfera

Seguindo o exemplo de campanhas feitas para ajudar as vítimas das enchentes em Santa Catarina, em novembro de 2008, já surgiram manifestações na blogosfera para arrecadar fundos para os desabrigados no Piauí. Fred Fagundes, dono do blog "Quem Matou a Tangerina?", publicou um post para divulgar as formas de contribuir com doações, lembrando que esteve em Teresina ano passado e criou um forte apreço pela cidade. Fred conclui o post com a seguinte declaração: “Por favor, jamais descriminem o norte e nordeste brasileiro. Assim como foi feito por Santa Catarina, vamos abraçar a causa.”

Outro a divulgar a campanha foi Marcelo Tas, apresentador do programa “Custe o que Custar”, da Band. Em post no microblog Twitter, Tas destacou a realização da “Balada Solidária”, com link para o site do evento.

River derrota o Flamengo no clássico do dia das mães

Texto: Lígia Melo

O River venceu o Flamengo pela segunda vez no ano em partida válida pela quinta rodada do segundo turno do Campeonato Piauiense. Em tarde de rodada-dupla no Albertão, em que o Barras venceu o Piauí por 2x1 na partida preliminar, os times entraram em campo debaixo de uma queima de fogos e o Galo bateu o Flamengo por 1x0, com gol de Kuriri no final do jogo, e se mantém firme na luta pelo título do 2º turno.

No dia da estreia de seu novo uniforme, o River, que vinha de goleada sobre o Piauí no último fim de semana, conseguiu mais um resultado positivo, dessa vez sobre o maior rival, que já havia perdido em casa na rodada passada para o Barras. Ainda no primeiro tempo, aos 26 minutos de jogo, os jogadores do Flamengo pediram pênalti, mas o árbitro João José Leitão mandou seguir. O gol da vitória só saiu aos 41 minutos do segundo tempo. Após um passe na medida de Diego, Kuriri acertou um belo chute de bico e a bola chegou a tocar no travessão antes de entrar no gol. Com o resultado, o Galo, que já garantiu sua vaga na próxima fase, se mantém na liderança do grupo Centro. O Flamengo, que busca o título do 2º turno para sagrar-se campeão piauiense, permanece na 3º colocação do mesmo grupo.

Já na partida entre Piauí x Barras, o time mandante perdeu o jogo por 2x1 e segue na luta contra o rebaixamento. Já o Barras, que entrou em campo com um faixa pedindo ajuda aos desabrigados pelas enchentes na cidade do interior, assegura sua vaga na próxima fase.

Por causa do dia das mães, a Federação suspendeu o pagamento de ingressos para as mulheres. O acesso do público feminino ao Albertão aconteceu por meio de doações para a campanha em favor das vítimas das enchentes. Todo material arrecadado será entregue para uma instituição de caridade da capital.

Na próxima rodada, no sábado, o Flamengo enfrenta o Piauí no Albertão, às 15h45. No domingo, o River vai até Barras enfrentar o time da cidade no estádio Juca Fortes, no mesmo horário. Completam a rodada 4 de Julho x Caiçara (Ytacoatiara), Comercial x Parnahyba (Deusdeth Melo), Picos x Princesa do Sul (Helvídio Nunes) e Corisabbá x Oeiras (Tibério Nunes).

Teresina lidera ranking de suicídios no Brasil


Texto: Jadson Osório

De acordo com os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), Teresina lidera o ranking das cidades com maior número de suicídios femininos no Brasil. A nível de Nordeste, o Piauí já atinge o topo da lista de suicídios em geral, registrando altos índices na faixa etária que vai de 15 a 24 anos. No intuito de prevenir esta prática tão alarmante no cenário piauiense, há 23 anos foi criado o Grupo de Apoio Fraterno (GAF), que desenvolve atividades de amparo a potenciais suicidas e pessoas emocionalmente fragilizadas.

O Grupo é inspirado no Centro de Valorização da Vida (CVV) que já existe em todo o país, há mais de 40 anos. Segundo o coordenador de divulgação do GAF, Eyder Vila Nova, a metodologia é desenvolvida por meio de palestras, assistência social e principalmente, através de uma linha telefônica disponível a escutar sem preconceitos, sem discriminação a todos que ligam. “Estamos tentando tornar o trabalho do GAF mais desvinculado do suicídio, não nos restringimos apenas a isso”, explicou Eyder Vila Nova, acrescentando que o GAF é uma instituição sem fim lucrativo e desligado de qualquer crença religiosa.

As atividades desenvolvidas dentro do grupo são realizadas por voluntários. Além do atendimento pelo telefone (3222-0000) o grupo tem o projeto de criar um site para divulgar melhor suas ideias, no intento de prevenir cada vez mais o suicídio no Estado do Piauí.

Números Alarmantes

Por cada suicídio cometido com sucesso registram-se pelo menos outras vinte tentativas frustradas, resultando, na maioria das vezes, em lesões físicas graves e forte abalo emocional ao suicida, a sua família e aos seus amigos. Estimativas da OMS registram que cerca de 3.000 pessoas suicidam-se todos os dias no mundo, uma a cada trinta segundos.

O suicídio é hoje a terceira causa de mortalidade entre jovens e adultos de 15 a 34 anos, no entanto a maioria dos casos ocorre com pessoas de mais de 60 anos. Entre as principais causas e propensões deste mal estão: a depressão, o abuso de drogas e de álcool, transtorno bipolar, antecedentes familiares, descontentamento com contexto socioeconômico e saúde frágil.

Depois de 20 anos, Miss Brasil é nordestina novamente

Texto: Jadson Osório
Foto: Divulgação


Não deu para o Piauí. Miss Rio Grande do Norte, Larissa Costa, desbanca favoritas e leva o título de Miss Brasil 2009. A Miss Piauí, Vanessa Barros, não figurou entre as finalistas, mas fez bonito no concurso. A jovem de 22 anos concorreu com mais 26 candidatas ao título de mulher mais bela do Brasil.

O concurso aconteceu na noite deste sábado (9) no Memorial da América Latina, em São Paulo, e trouxe, depois de vinte anos, o título para o Nordeste. A última vencedora da região tinha sido em 1989, uma cearense.

A nova Miss Brasil, Larissa Costa Silva de Oliveira, 25, irá representar o país no Miss Universo que deve acontecer em agosto, no Caribe. Ao vencer o concurso, a jovem potiguar leva pra casa 200 mil reais em contratos, um carro, roupas e joias.

A potiguar Larissa Costa, nova Miss Brasil, e Vanessa Barros, Miss Piauí

Rio Parnaíba sobe e pode atingir ainda mais famílias em Teresina

Texto: Jordana Cury
A Chesf (Companhia Hidrelétrica do Vale do São Francisco) divulgou nesta manhã um boletim técnico, informando que o Rio Parnaíba deve atingir 6,70m ainda hoje (10), em virtude da liberação das águas da barragem de Boa Esperança. Segundo consta no boletim, ontem o rio subiu quatro centímetros entre as 6h e 17h.

O aumento do leito do rio Parnaíba deve afetar as pessoas que moram às margens dele, principalmente na região do Encontro dos Rios. A recomendação do gerente regional da Chesf, Aírton Feitosa, é que a população ribeirinha retire seus objetos pessoais das casas próximas ao local. Entretanto, o gerente explicou que o aumento do leito não deve causar danos à cidade, como os ocasionados pelo aumento das águas do rio Poti no começo da semana, pois o Velho Monge não deve atingir a Avenida Maranhão.

Teresina vive dois ‘Dia das Mães’ diferentes

Texto e Vídeos: Jordana Cury
Teresina vive um contraste no Dia das Mães. Enquanto de um lado os shoppings estão lotados de pessoas em busca de presentes, que variam desde as flores mais simples até as jóias mais caras, por outro, as mães da região do bairro Vila Nova Parnaíba, que se encontram abrigas na União Operária Artística, pedem um único presente: uma casa.

O abrigo está servindo de moradia para oito famílias, duas em cada uma das salas. Essas famílias saíram da ‘Prainha’, como é conhecido o bairro Vila Nova, há mais de 15 dias, com a promessa da prefeitura de que em alguns dias a situação estaria resolvida.



Segundo a mãe da pequena Carla, 2, Dona Raimunda Gomes, as condições do abrigo estão melhores que as dos anos anteriores, mas nada se compara a sua casa própria. “Eu tenho medo, fico aqui, mas todo dia vou lá olhar como está minha casa, ver se a água já baixou. É triste passar por isso. Meu melhor presente seria uma casa, ou que pelo menos que ajeitem a minha. Não é que aqui esteja ruim, mas não é a minha casa. Quem não quer morar na sua própria casa? O resto vem com o tempo”.



O Dia das Mães no abrigo não foi comemorado. Desde cedo da manhã, as mães começaram sua rotina: levantaram, comeram alguma coisa, lavaram roupa, almoçaram. “Não temos nem como comemorar. O que a gente pode fazer? Não tem como fazer nada, temos mais é que cuidar para a situação não piorar”, explicou Dona Riúza Cruz, mãe de Luíza, 5, e Gabriel, 9, enquanto lavava roupa.

O caso mais agravante é o de Dona Antônia da Silva. Ela tinha uma casa de taipa que foi completamente destruída com as chuvas. “Quando a prefeitura me tirar daqui, não vou ter para onde ir com meus filhos. Só me resta rezar e pedir a Deus que coloque uma casa no meu caminho. É só isso que eu peço agora”.

As mães que pedem celulares e eletrodomésticos


Em contraste, na véspera da grande data, no Riverside Walk e no Teresina Shoppings, o estacionamento está engarrafado, as lojas superlotadas e os consumidores chegam a passar mais de 1h na fila, para pagar pelo produto comprado.

As lojas mais procuradas são as que vendem celulares, flores e eletrodomésticos. “Não tive tempo de vir durante a semana, estava trabalhando e meu irmão teve um probleminha de saúde, então tive que vir no último dia mesmo, mas estou pagando pelo meu pecado, essa fila nem anda”, disse Manoela Resende, enquanto esperava na fila do supermercado, para pagar o liquidificador que dará de presente à sua mãe.

As lojas Oi, Tim, Claro e Vivo estão impenetráveis. “Ainda falta passar na Oi, mas já passei em todas as outras. Estou conferindo as promoções, minha mãe avisou que quer um celular que fale de graça [risos]. Só vou sair com o celular dela na mão”, explicou o estudante Paulo Viana.